Newsletter

Assine já a nossa newsletter e receba todas as novidades...

Notícias

25-01-2013 - Mais um Autocarregador John Deere entregue à floresta portuguesa

21-01-2013 - Expansão da capacidade de produção da fábrica de Joensuu na Finlândia

13-12-2012 - John Deere Série E com papel relevante na floresta nacional

Timbérica

Imprimir





Feller buncher John Deere 759J – A máquina ideal para abate e ajuntamento nas condições mais exigentes

Em qualquer condição de trabalho, mesmo quando os terrenos são mais declivosos, pedregosos e muito irregulares, o recurso ao feller buncher permite enormes ganhos de produtividade.
Há muitos anos que a Timbérica vem investindo na divulgação das vantagens competitivas do recurso aos feller bunchers no sistema de exploração florestal de eucalipto. Vários estudos foram feitos em colaboração com a indústria de celulose portuguesa, aplicando o sistema na cadeia de exploração mecanizada com recurso a harvester e forwarder. Dos estudos efectuados há mais de uma década resultaram evidentes os ganhos de produtividade.



















Feller buncher Timberjack 608B, S. Teotónio, Junho de 1999               Autocarregador Timberjack 1210B a rechegar para parque árvores                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                   inteiras abatidas pelo feller

Recentemente a Timbérica organizou uma visita a Itália de um responsável da empresa BSL – Comercio Internacional S.A., juntamente com alguns dos seus prestadores de serviços, para observarem o desempenho dos feller bunchers. A BSL – Comercio Internacional S.A. deu agora um importante passo ao apostar no seu primeiro John Deere 759J para as suas operações. Trata-se da introdução do método de exploração de fuste inteiro (full tree) em simultâneo com o sistema de toragem (cut-to-length). 
Este feller de rastos com cabina nivelante está a ser explorado na Galiza pela empresa Extracorte, prestador de serviços da BSL, SA. A Extracorte necessitava de um equipamento de corte e ajuntamento robusto e com grande rendimento, para suprir as dificuldades causadas pelo abate manual com motosserra neste tipo de terreno francamente complicado, quer em termos de inclinação quer em termos de humidade e pedregosidade.

Feller buncher John Deere 759J em operação de abate de árvores

Passados alguns meses sobre o início da introdução do feller, a Extracorte está extremamente satisfeita com os resultados, conforme nos contou o seu gerente Tiago Oliveira: “Este equipamento acede a quase todo o lado, com muito maior facilidade e segurança do que as escavadoras hidráulicas adaptadas com cabeça processadora. A cabina com sistema de nivelamento Shift-Tilt™ e os rastos de tracção são as características mais destacáveis, permitindo a operação em terrenos íngremes como aqueles que têm sido abordados, uma vez que a cabina trabalha numa posição plana mantendo elevados níveis de conforto para o operador com a diminuição da fadiga e aumento da produtividade”.
Esta máquina dispõe de um motor de 8100 cc, 241 cv de potência e um binário de 1230 Nm @ 1400 rpm. Conta com uma lança com alcance máximo de 6,7 m que permite o abate de 3 a 4 linhas de eucaliptos (dependendo do compasso) no mesmo sentido de deslocamento. Ao contrário de uma escavadora adaptada, esta máquina pode desempenhar várias funções sem perda de rendimento, como no caso da cabeça, por exemplo, onde conta com uma bomba hidráulica independente para o seu accionamento.




















Cabeça FS20                                                                                                                           Disco de corte do feller buncher

Tiago Oliveira continuou a explicar as vantagens da máquina: “os rendimentos estão bastante acima daqueles obtidos com o método tradicional, com recurso a abate com motosserra e processamento com descasque mecanizado. Por cada 8 horas de trabalho consegue-se um acréscimo 30 a 40 toneladas de madeira processada por máquina, podendo chegar às 50 toneladas se a madeira for mais grossa. Outra das vantagens é a possibilidade de efectuar o trabalho de abate com ajuntamento mais perto da zona de processamento. Além disso beneficiamos de um melhor aproveitamento do cepo já que o corte pode ser efectuado à altura desejada aproveitando sempre a máxima quantidade de madeira sem comprometer o rebentamento do cepo. A segurança no trabalho é outro aspecto de maior importância a considerar pois a máquina permite o abate e direccionado com ajuntamento sem tanta influência dos ventos dominantes.

Máquinas a processar a madeira abatida e junta pelo feller buncher

Tiago Oliveira realça ainda os seguintes factos:
- Basta um feller e um operador para garantir madeira empilhada e ordenada para 4 processadoras!
- Existem ganhos substanciais na produtividade dos autocarregadores, pois carregam madeira que se encontra processada em pilha, resultante do ajuntamento prévio efectuado pelo feller.
- Nas condições actuais de grande complexidade operacional, o feller abate e junta madeira proveniente de 2,5 hectares/dia. Em declives menos acentuados a área abatida será ainda maior.
- A biomassa fica concentrada permitindo a sua fácil remoção para aproveitamento energético.
O gerente da Extracorte termina referindo: “o feller buncher foi uma autêntica surpresa para mim, se soubesse que os resultados seriam estes já o teria utilizado há mais tempo”.
A Timbérica é fornecedor de equipamentos e serviços à BSL – Comercio Internacional S.A. e esta é mais uma relação bem-sucedida que o importador dos equipamentos florestais John Deere mantém com os profissionais da floresta em Portugal.

Edgar Santos
Editor do Portal www.comerciomaquinas.com

Consulte o Portal www.colheitademadeira.com.br e mantenha-se informado sobre o mundo da exploração florestal.

 
 
        Copyright 2007 © Timbérica. Todos os direitos reservados. desenvolvido por: design binário